Início » Bolsas

Bolsas

O Programa de Doutoramento em Aprendizagem Enriquecida com Tecnologia e Desafios Societais (Technology Enhanced Learning and Societal Challenges – TELSC) obteve em 2014 aprovação para financiamento pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, IP (FCT, IP) no âmbito do concurso para “Programas Doutoramento FCT”.

O Programa de Doutoramento TELSC ofereceu até 2017/2018 36 Bolsas de Investigação (1 ano) e 24 Bolsas de Doutoramento (3 anos).

Está aberto de 18 Abril a 3 Junho 2019 o concurso para atribuição de 6 Bolsas de Doutoramento do Programa. As bolsas têm início em 1 Outubro 2019.

Recomenda-se a consulta e leitura completa do Edital que está disponível aqui.

Os candidatos a bolsa de doutoramento no programa TELSC deverão:

  1. ter formação de base adequada à área do projeto de investigação ou programa de trabalhos proposto;
  2. ter competências de Inglês falado e escrito;
  3. apresentar uma motivação adequada aos objetivos do programa (aferida através da carta de motivação);
  4. apresentar uma proposta de investigação ou programa de trabalhos no domínio das tecnologias na educação;
  5. estar inscrito ou ter sido aceite para frequência de, pelo menos, um dos três cursos de doutoramento que constituem o programa TELSC: a) doutoramento em Educação, especialidade TIC na Educação, do Instituto de Educação da ULisboa ou b) doutoramento em Multimédia em Educação, do Departamento de Educação e Psicologia e do Departamento de Comunicação e Arte da UA ou c) doutoramento em Ciências da Educação, especialidade de Tecnologia Educativa, do Instituto de Educação da UM.

No ato de candidatura, os candidatos a bolsa devem apresentar:

  1. Curriculum Vitae detalhado, datado e assinado, com indicação do seu endereço de correio eletrónico declarando o seu consentimento do seu uso para notificação dos resultados do concurso;
  2. Carta de motivação indicando i) os propósitos e os elementos considerados relevantes para a candidatura à bolsa de doutoramento, ii) as condições que entende reunir para concluir o projeto de doutoramento apresentado dentro dos prazos previstos, iii) a produção científica que perspetiva apresentar durante o período de duração da bolsa, iv) outros motivos pelos quais considera que deverá ser selecionado; sugere-se a consulta do documento  Sugestões/recomendações carta de Motivação;
  3. Cópia do documento de identificação;
  4. Documentos comprovativos de que o candidato reúne as condições exigíveis para o respetivo tipo de bolsa, nomeadamente certificados de habilitações de todos os graus académicos obtidos, com média final e com as classificações em todas as disciplinas realizadas;
  5. Proposta de projeto de investigação ou de programa de trabalhos a desenvolver no domínio das tecnologias na educação, sugerindo-se que seja elaborada no formato disponível aqui.
  6. Curriculum vitae resumido do orientador incluindo lista de publicações científicas e experiência anterior de orientação de bolseiros.

Notas:

a) Para os graus académicos conferidos por instituição de ensino superior estrangeira é obrigatória, para celebração do contrato de bolseiro, a apresentação do registo do reconhecimento do grau académico e da conversão de classificação final para a escala portuguesa (processo regulado pelo decreto-Lei nº 341/2007, de 12 de outubro) ou, em alternativa, a obtenção de equivalência / reconhecimento dos graus académicos (processo regulado pelo Portaria n.º 33/2019 de 25 de janeiro)

b) No critério de avaliação relativo ao mérito do candidato, no percurso académico só serão pontuados: i) os graus académicos atribuídos por universidades portuguesas cujos certificados de habilitação contenham informação completa relativa à média final de cada ciclo de estudos e o respetivo número de créditos (ECTS), se aplicável; ii) os graus académicos atribuídos por instituições de ensino superior estrangeiras cujo reconhecimento e a conversão da classificação final para a escala portuguesa, nos termos do regime jurídico aplicável, seja demonstrado em candidatura.

c) Não serão consideradas elegíveis, para efeitos de concessão de bolsa, as candidaturas classificadas com uma nota final inferior a 3,000 valores.